Aquele que fracassa é aquele que tentou agradar todo mundo!

Já dizia a célebre e consagrada frase: “Não podemos agradar gregos e troianos”.

Créditos do fotógrafo Divulgação

Compartilhe:
09/11/2020

Já dizia a célebre e consagrada frase: “Não podemos agradar gregos e troianos”. Mas, alguns atos de bondade de algumas pessoas são bonitos de se ver, porque vem da personalidade delas.

Há pessoas que gostam de cativar as outras e geralmente elas têm uma tendência a serem bem quistas por uma maior quantidade de pessoas do que aquelas que não gostam de agradar os outros.

Agora, um alerta: se você só agradar os outros e não olhar também para si mesmo, vai deixar de resolver as suas pendências e aí pode vir a fracassar.

Tudo na vida precisa de equilíbrio.

É bonito satisfazer os outros, afinal você fica “bem na fita”.

Se você agradar os outros você vai ter um maior número de pessoas que gostam de você? Sim, mas se você esquecer de si próprio, deixará então de viver sua própria vida, e não se sentirá feliz.

Então, é necessário ter uma dose de inteligência emocional para equilibrar as ações, ou seja, agrade a todos porque sua personalidade é agradável. Não meça esforços para ajudar quem acredita ser merecedor desta ajuda e também auxilie aqueles que não merecem.

Lembre-se sempre de uma coisa: Agradar não é o mesmo que ajudar. Você pode ajudar alguém sem ter que bajulá-la ou até mesmo, sem ter que se anular para isso.

Ajudar, quando for possível e quando essa ajuda não for te agredir ou te prejudicar é sim uma atitude nobre. Mas agradar só para ficar “bem na fita”, vai revelar a você um grande número de seres humanos ingratos.

Portanto, ajude sim, desde que isso não exija que você gaste toda a sua energia com os outros, ficando sem tempo e energia para si mesmo.

Resolva as suas pendências, esteja confortável com a sua vida, cuide da sua saúde mental e priorize o seu bem estar em relação à sua própria vida. Agindo assim você agradará ainda mais os outros, não só de forma inteligente, mas dando o seu exemplo.

Afinal, quando você se dedica com amor à sua própria vida você alcança o sucesso e, satisfeito com a própria jornada, você conseguirá ser agradável e ajudar muito mais os outros. Por outro lado, aquele que deixa sua vida de lado para agradar todo mundo, fracassa!